DÉCADA 1958

1958: Fundação da Construtora Barbosa Mello

A CBM, um desdobramento da Construtora Barbosa Mello Scarpelli, iniciou suas atividades em 1958, em Minas Gerais, pelas mãos de seu fundador Afonso Barbosa Mello. A preocupação com as pessoas e com o bem-estar de quem trabalhava na empresa era uma característica marcante do dono e “ficou no DNA da Barbosa”, conforme relato dos próprios colaboradores.

Entre as primeiras obras da empresa destacaram-se a terraplenagem e pavimentação da BR-267 (MG) e a terraplenagem da Usina Intendente Câmara da Usiminas, que estava sendo construída em Ipatinga (MG) e viria a se tornar uma das mais importantes siderúrgicas do país.

DÉCADA 1960

Pioneirismo

 

  • A empresa marcou seu pioneirismo na construção de estradas e em obras ferroviárias, contribuindo para o desenvolvimento do estado e do país. Em 1969, inaugurou a participação fora de Minas Gerais, com sua primeira obra viária no Rio Grande do Sul. O regime de chuvas da região, que costuma não dar trégua ao longo do ano, estava entre os desafios da empreitada.
  • 1967: Ligação Ferroviária Costa Lacerda, Santa Bárbara (MG) (Vale) 
  • 1969: BR-290/RS - Alegrete - Rosário do Sul - terraplenagem e pavimentação (DNER)

DÉCADA 1970

Cruzando fronteiras

Em continuidade aos projetos externos ao estado de Minas Gerais, a CBM realizou obras nos estados do Sul (Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina), e também em São Paulo, no Rio de Janeiro e no Mato Grosso. A empresa se dedicou à construção de estradas e ramais ferroviários, ampliando a infraestrutura logística do país. Aquisição da Construtora Assumpcão, especializada na construção de pontes, viadutos e obras industriais.

  • 1970: BR-464/RJ - Entrada BR-135 - Santa Guilhermina (RJ), implantação e pavimentação (DNER) • BR-153/SP - Lins – Marília (SP) (Exército Brasileiro)
  • 1972: BR-354/MG - Ribeirão Perdões - Entrada BR-262, restauração e melhoramentos (DNER) • BR-163/MT - Rio Verde - Capão Redondo (MT), terraplenagem, pavimentação, obras civis e sinalização (DNER) • BR-293/RS-Pinheiro Machado - Bagé(RS) - obras de arte especiais (DNER)
  • Infraestrutura da Fábrica da Fiat Automóveis, Betim/MG (CDI-MG) • BR-293/RS - Pelotas - Pinheiro Machado, restauração e melhoramentos (DNER) • BR-277 - Trecho Irati - Relógio (PR) - Sub-trecho Rio Ponte Alta - Irati - implantação básica: terraplenagem e pavimentação (DER-PR)
  • 1974: BR-116/PR Curitiba - São Paulo Duplicação do trecho Estrada Velha de Paranaguá (Graciosa) – Atuba (PR), terraplenagem, pavimentação e drenagem (DNER)
  • 1975: Construção da BR-040/MG - Juiz de Fora - Conselheiro Lafaiete (MG) (DNER)
  • 1978: BR-116/PR - São Paulo - Curitiba km 365 ao km 394, terraplenagem, pavimentação e drenagem (DNER)

DÉCADA 1980

Nova gestão, grandes desafios

 

  • Os primeiros anos da década de 1980 marcaram a mudança de controle acionário da Construtora Barbosa Mello. Carlos Elízio Teixeira, Emil Couri e Orlando Cavalcanti Lobato assumiram a gestão da empresa. Nesse período, a Barbosa Mello concentrou-se em oportunidades no próprio estado e aceitou desafios em obras viárias no interior. Em 1989, o atual presidente Guilherme Moreira Teixeira assumiu o comando da Construtora.
  • 1981: BR-116/PR - São Paulo - Curitiba Km 0,1 ao Km 57,2 - Terraplenagem, pavimentação, drenagem, obras de arte e serviços de engenharia civil (DNER) • Rod PR-160- Trecho: Ivaí - BR-373 (Imbituva) - terraplenagem e pavimentação (DER-PR)
  • 1982: Estrada SC-453 - Monte Carlo – Fraiburgo (DER-SC)
  • 1985: Estrada São Vitor – Divino das Laranjeiras (MG), implantação e pavimentação (DER-MG)
  • 986: BR-040/MG - Trecho BH - Divisa. MG/RJ - KM 629,7 ao Km 682,5 - reparação de pavimentação (DNER) • BR-265/MG - Ubá - Entr. Mercês (MG) (DER-MG) • MG-447 - Trecho Santana de Cataguases - implantação e pavimentação (DER/MG)
  • 1987: BR-120/MG - Itabira - Nova Era (contorno de Itabira), implantação e pavimentação (DER-MG) • BR-120/MG - Santa Maria do Suaçuí - Água Boa – Capelinha, implantação e pavimentação (DER-MG)
  • 1988: MG-482 - Viçosa - Porto Firme (DER -MG)
  • 1989: BR-120/MG - trecho: Ponte Nova / Rio Doce / Dom Silvério, implantação e pavimentação (DER-MG)

 

DÉCADA 1990

Pavimentando o Brasil

 

Com grande conhecimento técnico acumulado em obras viárias, a empresa conquista vários projetos nessa área. Além disso, amplia a prestação de serviços para o setor privado. Um dos exemplos é a participação na construção das instalações da Mercedes-Benz, em Juiz de Fora (MG).

Execução do contorno Ferroviário de Sete Lagoas para a retirada da linha férrea que cruzava a cidade, propiciando a contrução da Av. Norte-Sul no antigo leito da ferrovia.

  • 1990: BR-259 - Rio Suaçuí Grande - Entrada Conselheiro Pena, implantação e pavimentação (DER-MG)
  • Hidrelétrica: aproveitamento do Rio Salinas (MG) (Cemig)
  • 1991: Contorno Ferroviário de Sete Lagoas (MG) (Prefeitura de Sete Lagoas)
  • 993: BR-381/MG - trecho: Governador Valadares - Rio Suaçuí Grande, restauração (DER-MG)
  • 1995: BR-482/MG - trecho: Piranga - Porto Firme, implantação e pavimentação (DER-MG)
  • BR-259/MG - Contorno de Governador Valadares, complementação da implantação e pavimentação (DER-MG)
  • 1996: Estrada Cocais das Estrelas - Santana do Paraíso - BR-381 (Cenibra)
  • Infraestrutura Urbana Distrito Juiz de Fora/ MG, terraplenagem (CDI-MG)
  • Obras dos canais de irrigação do Projeto Baixo Acaraú/CE, (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas DNOCS)
  • BR-251/MG Trecho Água Boa - Salinas - Sub-trecho: Entr. BR116 - Montes Claros - Implantação e pavimentação (DER/MG)
  • 1997: Fábrica Mercedes-Benz do Brasil em Juiz de Fora (MG): obras civis e serviços de instalações elétricas
  • BR-381/MG - Lote 12, trecho: entrada Nepomuceno - Divisa MG/SP, duplicação e restauração (DER-MG)
  • BR-381/MG - BH - Div. MG/SP km 868,0 ao km 893,2 - Lote 18, duplicação e restauração (DER -MG)
  • BR-267/MG - Trecho Poços de Caldas - Divisa MG/SP - implantação e pavimentação (DER-MG)
  • 1999: Obras dos Canais de adução do Projeto Jaíba (MG) - Canais de Adução, drenagem, obras hidráulicas, rede viária e núcleos de apoio, destinados à irrigação de 317 lotes agrícolas em uma área de 8.644,90 hectares, para Ruralminas.

DÉCADA 2000

Diversificando para crescer

 

  • Implantação da superestrutura ferroviária e vedação da faixa de domínio do trecho São Gabriel - Via Norte, para o sistema de trens metropolitanos de Belo Horizonte/ MG - CBTU

  • Construção da Usina Hidrelétrica de Quebra-Queixo
    Implantação do Aproveitamento Hidrelétrico de Quebra-Queixo, com potência instalada de 120 MW, no Rio Chapecó/SC - CEC

  • Implantação Mineração Serra do Sossego, compreendendo:
    Obras de terraplenagem, drenagem pluvial, obras civis industriais e prediais, montagem eletromecânica, lavra de minério e estéril no pit Sossego, no Complexo Mineiro Cuprífero, em Canaã dos Carajás/PA - VALE

  • Duplicação e restauração da Linha Verde/MG-10 – adequação da capacidade e restauração da pista existente na Rodovia MG-10 – DER/MG

  • Implantação do Centro Administrativo do Estado de Minas Gerais (Projeto Oscar Niemeyer), compreendendo a construção dos prédios da secretaria (prédio 2) e do centro de convivência na Região Metropolitana de Belo Horizonte/MG - CODEMIG

  • Implantação da Mineração Santa Rita, no município de Itagibá/BA, compreendendo:
    Obras de terraplenagem, pavimentação, drenagem pluvial, obras civis, industriais e prediais, barragem de rejeito, linhas de transmissão e de distribuição, subestações e montagem eletromecânica – Mirabela Mineração do Brasil

DÉCADA 2000

Diversificando para crescer

 

  • Projeto executivo, construção e montagem da rede de distribuição de gás natural (RDGN), Pólo Vale do Aço, gasoduto Vale do Aço, com 128 km de extensão - GASMIG

  • Construção do prédio de eventos paralelos, estacionamento, finger e obras nos pavilhões I, II e III do Centro de Feiras e Exposições de Minas Gerais (Expominas), no parque Bolivar de Andrade – DEOP/MG

  • Terraplenagem e sistemas de drenagem subterrânea e superficial para instalação da Usina de Produção de Tubos de Aço sem Costura, em Jeceaba/MG - VSB

  • Obras civis para implantação do Projeto de Irrigação Baixio de Irecê, etapa 2, em Xique-Xique/BA - CODEVASF

  • Construção civil e montagem eletromecânica da linha de transmissão em 345 kV, trecho Ouro Preto, Vitória, com 128 km de extensão, localizada entre os municípios de Ouro Preto/MG e Jequeri/MG - FURNAS

  • Implantação do trecho II do canal para integração da bacia de Castanhão e Região Metropolitana de Fortaleza/CE, com a execução dos serviços de terraplenagem, canal em concreto e adutora em aço para transposição das águas do Açude Curral Velho / Serra do Félix – SRH/CE

DÉCADA 2010

Reconhecimento sustentável

 

  • Duplicação da Avenida Antônio Carlos, em Belo Horizonte/MG - SMURBE

  • Implantação de parte das unidades da Carteira de Enxofre (pacote I), incluindo fornecimento de materiais e equipamentos, projeto, obras civis e montagem eletromecânica na Refinaria Abreu e Lima – RNEST - PETROBRAS

  • Obras civis e montagem eletromecânica para implantação das unidades industriais: Sistema Comb. Gasosos; Sistema Ar Comprimido; Armazenamento de Resíduos; Compostagem; Sistema Resfriamento; Sistema de Nitrogênio; Armazenagem de Produtos Químicos e Subestação - COMPERJ - PETROBRAS

  • Duplicação, melhoramento, pavimentação, restauração e construção de obras de arte especiais na Rodovia LMG-800, acesso ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves - Confins/MG – DER/MG

  • Implantação do lote 11 e 12 da primeira etapa do Canal de Integração do Rio São Francisco com Bacias hidrográficas do nordeste setentrional, localizado em vários municípios de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte - MI

  • Implantação do Subtrecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL) – VALEC

 

DÉCADA 2010

2013: Destaque entre as Melhores e Maiores Empresas do Brasil na Revista Exame

 

  • 1º lugar no ranking de produtividade no setor da Indústria da Construção

  • 3º lugar em produtividade no ranking geral

  • 6º lugar em crescimento nos últimos cinco anos no ranking geral

PROJETO FERRO CARAJÁS S11D

O maior projeto do segmento de mineração do país

 

  • Execução da Estrada de Acesso com 42 km de extensão
  • Implantação de todos Acessos Internos do Projeto com 25 km de extensão
  • Implantação dos Escritórios principais e Alojamentos destinados à Vale e aos trabalhadores das demais empresas prestadoras de serviços
  • Implantação das instalações industriais para produção de módulos destinados a planta de beneficiamento de minério do Projeto S11D
  • Execução das obras de infraestrutura e civis destinadas à implantação do Transportador de Correia de Longa Distância (TCLD) que conduzirá o minério de ferro extraído na mina até a planta de beneficiamento
  • Execução das obras de destinação do material de rejeito da mina à pilha de estocagem e as obras de terraplenagem e civis destinadas à implantação do Sistema Truckless. Esse projeto é pioneiro no Brasil, e consiste na exploração da mina com o mínimo possível de utilização de caminhões, gerando redução significativa de emissão de gases em benefício do “Efeito Estufa”
  • Execução das obras de Infraestrutura, Construção Civil, Fornecimentos, Montagens Eletromecânicas, Edificações e Subestações Elétricas nas Áreas de Apoio a Mina e Usina, entre outros
  • Execução dos serviços de terraplenagem de grande porte deste Projeto, que consiste na remoção inicial (decapagem) de material antes do início efetivo da operação de lavra